Educar para Vida Inteira: lanternas filosoficas e pedagogicas

Entendemos o “Educar para a vida inteira” inserido dentro do processo de formação universitária; assim, buscamos desenvolver elementos que ajudem o profissional da educação a reconhecer a concepção que o respalda, pois não basta só viver, como consequência do usufruto de um processo de educação, mas, sim, viver melhor, de maneira a promover transformações. Assim, a pesquisa teve como foco os elementos de processos educativos que visam, além dos conteúdos específicos do plano de ensino, o processo mais amplo, que é o viver, e sua relação com as escolhas políticas e conteúdos curriculares. Como se vê, não é a vida entendida abstratamente ou metafisicamente. É a vida em sociedade, em família, no trabalho.

1a edição
Outubro/2011
R$42,00
Preço de capa
978-85-7516-550-8
ISBN
228
Páginas
14 x 21 cm
Formato
Português
Idioma
Abrir na LibriLaboris

Exclusivo para Professores

Solicite um exemplar para análise com 50% de desconto sobre o preço de capa.

.

Sumário

Apresentação

Introdução

Capítulo 1
Educar para a Felicidade: as amargas raízes e os doces frutos da educação na filosofia aristotélica
Jorge Luis Gutiérrez

Capítulo 2
Educação para a Vida e a Descentralização nos Sistemas Educativos Latino-Americanos: Brasil e Chile
Soraia Kfouri Salerno

Capítulo 3
Educar para a Vida: as bordas e as fronteiras nos usos da linguagem
Ingrid Hötte Ambrogi

Capítulo 4
Educación para la Vida: el aprendizaje de vivir con otros
José Miguel Rodriguez

Capítulo 5
Educando para a Argumentação, para o Pensar e (Por que Não?) para a Vida
Patrícia Del Nero Velasco

Capítulo 6
Educar para as Necessidades Especiais
Márcia Regina Gregoris

Capítulo 7
Enseñar para Aprender a Desaprender
María Verónica Rodríguez

Capítulo 8
Educar para Rehabilitar: estrategias socioeducativas en el tratamiento de personas con consumo problemático de drogas en la Región de Valparaíso – Chile
Ramon Aguilar

Capítulo 9
Educar para a Vida Cética
Caio Gonçalves Bezerra Sereno e Jorge Luis Gutiérrez

Capítulo 10
Educar para a Sociedade Virtual: reflexões pautadas em uma Educação ao longo da Vida
Thiago Carvalho Barbosa

Capítulo 11
Educar para a Vida Mediada pelas TIC
Samira Fayez Kfouri

Capítulo 12
Educação para a Vida Começa na Infância
Daniela da Silva Paula, Tatiana da Silva Paula e Soraia Kfouri Salerno

Capítulo 13
Educar para a Humanização: as contribuições da pedagogia progressista
Regina Celia Pereira Baptista dos Santos

Sobre os Autores

Orelha

Entendemos o “Educar para a vida inteira” inserido dentro do processo de formação universitária; assim, buscamos desenvolver elementos que ajudem o profis­sional da educação a reconhecer a concepção que o respalda, pois não basta só viver, como consequência do usufruto de um processo de educação, mas, sim, viver melhor, de maneira a promover transformações, educando sujeitos no começo deste século XXI.
Alguns elementos que consideramos como ponto de partida e que pensamos como elementos específicos da vida em nosso tempo são: a subjetividade, a complexidade, a interdisciplinaridade, a imprevisibilidade, o processo de globalização e resistência cultural, a ubiquidade, a tecnologia onipresente e o mundo virtual, enfim, as escolhas. E alguns paradoxos, como por exemplo, a hipercomunicação e a solidão simultânea. Os megabancos de dados e a simplicidade de uma conversa professor e aluno.A velocidade da vida neste começo de século XXI e a necessidade de calma para pensar e cultivar, a arte e a tecnologia, só por citar alguns. Pode-se dizer que estes são alguns dos elementos da vida humana em nosso tempo.
Assim, a pesquisa teve como foco os elementos de processos educativos que visam, além dos conteúdos específicos do plano de ensino, o processo mais amplo, que é o viver, e sua relação com as escolhas políticas e conteúdos curriculares. Como se vê, não é a vida entendida abstratamente ou metafisicamente. É a vida em sociedade, em família, no trabalho. Assim, apresentamos alguns elementos de processos educativos que não divorciam a preparação profissional das outras áreas da vida e, em última instância, da própria felicidade, que entendemos como aquilo que todos procuramos enquanto vivemos, e como fim último do ato de viver.

Referencia

GUTIéRREZ, Jorge Luis Rodrigues; SALERNO, Soraia Chafic El Kfouri (orgs.). Educar para Vida Inteira: lanternas filosoficas e pedagogicas. Campinas: Alínea, 2011.
Veja Também