Perspectivas Filosóficas do Imaginário

O imaginário, pela complexidade e abrangência que lhe são inerentes, pode ser abordado por diferentes prismas, seja ele visto como eixo fundamental de nossa estrutura linguística social e moral ou tratado como um dos aspectos psicológicos do homem presente nas manifestações artísticas e místicas. Desse modo, diversas áreas do conhecimento, tais como a Filosofia, a Psicologia, a Sociologia, a Educação, a Arte e a Literatura, exigem, em algum grau, enveredar por essa temática.

1a edição
Outubro/2020
R$45,00
Preço de capa
978-65-5755-005-2
ISBN
134
Páginas
16 x 23 cm
Formato
Português
Idioma
Abrir na LibriLaboris

Exclusivo para Professores

Solicite um exemplar para análise com 50% de desconto sobre o preço de capa.

.

Sumário

Prefácio

O Imaginário em Nietzsche
André de Barros Borges

O real começa como brincadeira: Huizinga e o resgate do brincar como formador do imaginário social e base da cultura
Reuber Gerbassi Scofano
Maria Vitória Campos Mamede Maia
Henry Corbin e sua influência nos estudos do imaginário
Reuber Gerbassi Scofano

O imaginário em Jean-Paul Sartre
Reuber Gerbassi Scofano
Priscila de Jesus Soares

Trechos do pensamento de Ricoeur aplicados a questões contemporâneas
Mary Rangel
Jéssica do Nascimento Rodrigues
Carlos Alberto de Oliveira Magalhães Júnior

Do Homo Sapiens ao Homo Demens: o imaginário em Morin
Reuber Gerbassi Scofano
Maria Vitória Campos Mamede Maia
Nilma Figueiredo de Almeida

Orelha

O imaginário, pela complexidade e abrangência que lhe são inerentes, pode ser abordado por diferentes prismas, seja ele visto como eixo fundamental de nossa estrutura linguística social e moral ou tratado como um dos aspectos psicológicos do homem presente nas manifestações artísticas e místicas. Desse modo, diversas áreas do conhecimento, tais como a Filosofia, a Psicologia, a Sociologia, a Educação, a Arte e a Literatura, exigem, em algum grau, enveredar por essa temática.

Este livro, fruto de nossas pesquisas no Laboratório do Imaginário Social e Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (LISE-UFRJ), apresenta uma introdução ao pensamento de alguns autores considerados fundamentais nesse estudo: Friedrich Nietzsche (1845-1900), Johan Huizinga (1872-1945), Henry Corbin (1903-1978), Jean-Paul Sartre (1905-1980), Paul Ricoeur (1913-2005) e Edgard Morin (1921).

Os conceitos básicos com que cada um trabalha, suas afinidades, divergências e críticas são didaticamente discutidos a fim de oferecer um conhecimento sólido a respeito do imaginário e dos âmbitos em que atua.

Com tal orientação, à luz desses pensadores, que desbravaram muitos caminhos nesse tema ainda hoje controverso, esperamos impulsionar e embasar novos estudos, novas leituras, novas propostas em torno do imaginário.

Referencia

BORGES, André de Barros ; SCOFANO, Reuber Gerbassi (orgs.). Perspectivas Filosóficas do Imaginário. Campinas: Alínea, 2020.
Outros livros do(s) autor(es)
  1. Recortes do Imaginário: novas colagens
    Recortes do Imaginário: novas colagens
    Nyrma Souza Nunes de Azevedo e Reuber Gerbassi Scofano (orgs.)
  2. Estilhaços do Imaginário
    Estilhaços do Imaginário
    Nyrma Souza Nunes de Azevedo e Reuber Gerbassi Scofano (orgs.)
  3. Introdução aos pensadores do imaginário
    Introdução aos pensadores do imaginário
    Nyrma Souza Nunes de Azevedo e Reuber Gerbassi Scofano (orgs.)
Veja Também