Os Catolicismos Brasileiros

Este livro procura mostrar, que, sob uma aparente homogeneidade ideológica, existem vários catolicismos brasileiros, expressos ontem e hoje, na sua organização e nas relações de conflitos de seus agentes. Tal abordagem, que se movimenta entre um microcosmo e um macrosmo do comportamento nesse âmbito no Brasil, entende as diferenças como resultantes da situação de quebra do monopólio religioso, ou seja, da passagem do monopólio absoluto da religião católica para uma situação de concorrência com outros grupos religiosos e da transição do monopólio interno para a disputa com outros grupos dentro do catolicismo.

3a edição
Revisada
Fevereiro/2020
R$48,00
Preço de capa
978-85-7516-890-5
ISBN
172
Páginas
16 x 23 cm
Formato
Português
Idioma
DISPONÍVEL EM E-BOOK
Abrir na LibriLaboris
Abrir na Amazon.com

Exclusivo para Professores

Solicite um exemplar para análise com 50% de desconto sobre o preço de capa.

.

Sumário

Prefácio: um olhar desde o lado de dentro
Apresentação

Introdução
Os vários catolicismos no Brasil
Os catolicismos brasileiros
A explicação dos agentes oficiais
As explicações das Ciências Sociais
Os catolicismos de Itapira
A organização da Igreja
A Igreja como produtora de ideologia
Notas

1. Os Catolicismos Brasileiros na História

1.1. Os fatos
O catolicismo popular
O catolicismo oficial
A dissidência católica
O monopólio católico
Notas

1.2. A organização da Igreja Católica
A Paróquia em Itapira
Notas

1.3. As relações de conflito na história da Igreja em Itapira
O catolicismo popular do camponês e o catolicismo oficial do fazendeiro
O catolicismo popular urbano e o catolicismo oficial urbano
Controle da fé
Controle do dinheiro
Identidade com a sociedade
Identidade com o poder político e econômico
Crítica ao catolicismo popular
O catolicismo dissidente e o catolicismo ortodoxo
Notas

2. Os Catolicismos Brasileiros Hoje

2.1. Os fatos
Notas

2.2. A organização da Igreja Católica
A paróquia
Padre
Conselho paroquial pastoral
Conselho administrativo
Fonte de recursos
Obras assistenciais
Grupos de leigos
Culto
Festas religiosas
Comunidades
A renovação paroquial e as comunidades de base
Os catolicismos na organização da Igreja em Itapira
As paróquias
Os padres
Os leigos
O culto
As festas
Notas

2.3. As relações de conflito no catolicismo brasileiro
A diversidade dos agentes
A diversidade do catolicismo
A tradição no catolicismo brasileiro
A renovação no catolicismo brasileiro

Conclusão
A unidade “aparente”
As relações entre os padres
As relações entre o clero e os fiéis
Religião e sociedade
Nota

Referências

Orelha

As contribuições teóricas clássicas, notadamente de Marx e de Weber, explicitaram a importância do contexto social para a compreensão do fenômeno religioso. Na realidade, toda religião possui a sua visão particular da realidade e articula um campo próprio dela, mas, por outro lado, é vista inserida em dada formação social, participando das chances e limitações desta. Segundo Peter Berger, durante a maior parte da história humana, os estabelecimentos religiosos têm sido monopólio dentro da sociedade, isto é, monopólio da legitimação suprema da vida individual e coletiva; a desmonopolização é uma característica da situação pluralista.   

Este livro procura mostrar, por meio de uma análise do catolicismo numa cidade do interior paulista, que, sob a aparente homogeneidade ideológica, existem vários catolicismos brasileiros, expressos, ontem e hoje, na sua organização e nas relações de conflitos de seus agentes. Tal abordagem, que se movimenta entre um microcosmo e um macrosmo do comportamento nesse âmbito no Brasil, entende tais diferenças como resultantes da situação de quebra do monopólio religioso, ou seja, da passagem do monopólio absoluto da religião católica para uma situação de concorrência com outros grupos religiosos e da transição do monopólio interno para a disputa com outros grupos dentro do catolicismo.   

Essas inter-relações, apresentadas tanto de uma perspectiva histórica como da atualidade, proporcionam ao leitor uma visão dinâmica e esclarecedora desse assunto tão em pauta em nossa sociedade.

Referencia

LEMOS FILHO, Arnaldo. Os Catolicismos Brasileiros. 3. ed. Campinas: Alínea, 2020.
Outros livros do(s) autor(es)
  1. Sociologia Geral e do Direito
    Sociologia Geral e do Direito
    Arnaldo Lemos Filho, Glauco Barsalini, Luís Renato Vedovato e Oscar Mellim Filho (orgs.)