Guia de Fontes Sobre o Ensino Público de Belém do Pará no Século XX: da instrução primária ao ensino fundamental

Maria José Aviz do Rosário e Clarice Nascimento de Melo

O Guia de Fontes do Ensino Público de Belém do Pará no Século XX representa um esforço de catalogação, organização e sistematização de fontes sobre a história da educação da Amazônia. Objetiva a preservação e a divulgação de registros escritos relativos à história da educação belenense e sua inserção na pesquisa educacional brasileira.

1a edição
Outubro/2012
R$33,00
Preço de capa
978-85-7516-567-6
ISBN
108
Páginas
14 x 21 cm
Formato
Português
Idioma
Abrir na LibriLaboris

Exclusivo para Professores

Solicite um exemplar para análise com 50% de desconto sobre o preço de capa.

.

Sumário

Apresentação

Introdução

Dos Objetivos do Guia

Do Processo de Construção

1900-1910
1910-1920
1920-1930
1930-1940
1940-1950
1950-1960
1960-1970
1970-1980
1980-1990
1990-2000

Referências

Sobre os Autores

Orelha

O Guia de Fontes do Ensino Público de Belém do Pará no Século XX representa um esforço de catalogação, organização e sistematização de fontes sobre a história da educação da Amazônia. Objetiva a preservação e a divulgação de registros escritos relativos à história da educação belenense, fortalecendo o conhecimento nessa área, constituindo-se em ferramenta de inserção da história da educação de Belém na pesquisa educacional brasileira.
O Guia de Fontes tem a intenção de auxiliar os pesquisadores na busca dos caminhos e das costuras da educação belenense e amazônica, com a convicção de que a preservação de fontes se constitui em um elemento importante e indispensável para a produção de novos conhecimentos sobre a gigantesca região norte do Brasil, ainda com pouca visibilidade no cenário nacional.
As fontes apresentadas sobre o ensino público primário belenense apresentam parte de uma história que se confunde com as faces da sociedade e da política de Belém do Pará. Por meio delas é possível escrever sobre o papel desempenhado pelo ensino público primário a cargo do Poder Executivo Municipal e, também, sobre a movimentação das forças sociais que compuseram a sociedade belenense, a partir de seus interesses, de suas condições materiais e de suas opções políticas e ideológicas.
Acredita-se que a produção e a divulgação desta obra contribuirá para minimizar problemas de acesso às informações, particularmente no que tange a dispersão documental e a destruição e alienação de documentos.
Enfim, as fontes apresentadas neste Guia oferecem pistas sobre a organização educacional de Belém do Pará, no século XX, e, por isso, não podem ser ignoradas pelos estudiosos do tema. Porém, os documentos indicados não esgotam os existentes, o que faz necessário novos esforços para a composição de outras partes importantes da história da educação da Amazônia. Este Guia de Fontes é um bom ponto de partida.

Veja Também