Antropologia da Educação

Christoph Wulf
Baseado na perspectiva do desenvolvimento de uma antropologia histórica e cultural da educação que se elabore em um movimento construtivista e reflexivo, este livro aborda a corporalidade, a estética, a historicidade, a pluralidade, a culturalidade, a interculturalidade, a multi e a transdisciplinaridade, a crítica e a reflexibilidade, critérios que caracterizam a antropologia da educação.
Coleção Educação em Debate
1a edição
Maio/2005
R$51,00
Preço de capa
85-7516-118-0
ISBN
210
Páginas
140 x 210 mm
Formato
Abrir na LibriLaboris

Exclusivo para Professores

Solicite um exemplar para análise com 50% de desconto sobre o preço de capa.

.

Sumário

Prefácio

Introdução

Parte 1 - A Perfectibilidade e a Não-Perfectibilidade na Educação


Capítulo 1 - O Sonho e a Ambição da Educação
Comenius
O pietismo e a pedagogia da 'industriosidade'
Rousseau
Von Humboldt
Os pesadelos
Schleiermacher
Conclusão


Capítulo 2 - A Perfectibilidade Individual:
a antropologia e a teoria da educação de Von Humboldt

Problemática
A recepção da obra de Von Humboldt
Uma antropologia histórica avant la lettre
A antropologia comparada
Formação e limites do Estado
Educação como mímesis
A linguagem
Para concluir


Capítulo 3 - Os Gestos e os Ritos do Trabalho
Expansão e redução do trabalho: uma relação antinômica
Perspectiva histórica: a antigüidade grega e o cristianismo
A Sociedade disciplinar: perda e expansão do trabalho


Parte 2 - A Mímesis Social

Capítulo 4 - A Mímesis na Educação
O problema
A noção de mímesis
A apropriação do mundo pela mímesis
O primeiro período de vida humana
O outro
O trabalho mimético com as imagens
Perspectivas


Capítulo 5 - Mímesis