Território, Políticas Públicas e Estratégias de Desenvolvimento

Antonio César Ortega (org.)
O uso do enfoque territorial na análise dos processos de desenvolvimento e na estratégia de políticas públicas para a redução das desigualdades tem se intensificado no Brasil. Vários são os programas governamentais que o têm adotado para a implementação de suas ações locais. Ao longo do livro, discute-se o desenvolvimento territorial de uma perspectiva teórica, passando-se pelo questionamento sobre a existência de uma nova economia do desenvolvimento e pela constatação de que a agenda do desenvolvimento nacional demanda o enfrentamento de realidades como a interurbanidade, a intersetorialidade produtiva, a ruralidade e a inter-regionalidade territorial, e requer ter presente a necessidade de ações nos meios rural e urbano, não apenas como contexto, mas como espaços de inter-relações construídas conflituosamente. O tema da agricultura familiar e suas relações com o desenvolvimento territorial é, também, trazido à discussão de dois pontos de vista — o do crédito rural e o da pluriatividade.
2a edição
Revisada e Ampliada
Janeiro/2016
R$64,00
Preço de capa
978-85-7516-753-3
ISBN
284
Páginas
16 x 23 cm
Formato
Português
Idioma
Abrir na LibriLaboris
.

Sumário

Prefácio à Segunda Edição

Apresentação

Parte 1
Desenvolvimento Territorial: questões teóricas

Capítulo 1
Território e Mudanças no “Padrão de Sociabilidade” no Brasil
Carlos Brandão

Capítulo 2
Há uma Nova Economia do Desenvolvimento?
Bianca Imbiriba Bonente e Niemeyer Almeida Filho

Parte 2
Territórios: estudos de caso

Capítulo 3
Desenvolvimento Territorial: uma avaliação das políticas governamentais no submédio do Vale do São Francisco
Antonio César Ortega e Tiago Farias Sobel

Capítulo 4
Redes Produtivas Territorializadas em Municípios do Triângulo Mineiro e do Sul de Minas
Humberto E. P. Martins

Parte 3
Agricultura Familiar e Desenvolvimento Territorial

Capítulo 5
Índice de Desenvolvimento Rural e Políticas Públicas: análise das liberações do PRONAF nas regiões Nordeste e Sul do Brasil
Vanessa Petrelli Corrêa, Fernanda Faria Silva e Henrique Dantas Neder

Capítulo 6
Redes Urbanas Territoriais e a Pluriatividade das Famílias Rurais no Nordeste e no Sul do Brasil
Carlos Alves do Nascimento e Soraia Aparecida Cardozo

Parte 4
Segurança Alimentar e Desenvolvimento Territorial

Capítulo 7
Segurança Alimentar: evolução conceitual e ação das políticas públicas na América Latina
Antonio César Ortega, Carlos Eduardo de Freitas Vian, Ebenézer Pereira Couto, Niemeyer Almeida Filho e Walter Belik

Capítulo 8
Segurança Alimentar e Políticas Públicas no Capitalismo Contemporâneo
Ebenézer Pereira Couto

Capítulo 9
Impactos dos Programas Sociais sobre a Segurança Alimentar
Henrique Neder, Adir Aparecida Juliano e Rosana Ribeiro

Capítulo 10
Pobreza Rural e Políticas Públicas no Brasil: um balanço da primeira década do século XXI
Antonio César Ortega

Orelha

O uso do enfoque territorial na análise dos processos de desenvolvimento e na estratégia de políticas públicas para a redução das desigualdades tem se intensificado no Brasil. Vários são os programas governamentais que o têm adotado para a implementação de suas ações locais.
Os textos aqui agregados abordam diferentes aspectos desse tema; desde questões teóricas até estudos de caso. Ao longo do livro, discute-se o desenvolvimento territorial de uma perspectiva teórica, passando-se pelo questionamento sobre a existência de uma nova economia do desenvolvimento e pela constatação de que a agenda do desenvolvimento nacional demanda o enfrentamento de realidades como a interurbanidade, a intersetorialidade produtiva, a ruralidade e a inter-regionalidade territorial, e requer ter presente a necessidade de ações nos meios rural e urbano, não apenas como contexto, mas como espaços de inter-relações construídas conflituosamente.
Ilustrando esse debate, são apresentados estudos de caso com enfoque territorial, como o estudo do Polo de Irrigação do Submédio do Vale do São Francisco e o debate acerca da concentração regional das atividades produtivas no Brasil, por meio do estudo de dois municípios polos regionais. Nessas pesquisas, destacam-se elementos ligados aos fluxos e redes estabelecidas por empresas no âmbito de seu processo de produção, às relações de compra e venda no território, à origem territorial dos trabalhadores e à importância de fatores de localização para a atividade produtiva.
O tema da agricultura familiar e suas relações com o desenvolvimento territorial é também trazido à discussão de dois pontos de vista — o do crédito rural e o da pluriatividade — e é complementado por três contribuições a respeito da temática da segurança alimentar, abordada do viés de seu enfrentamento por meio do enfoque territorial.
Esta é a segunda coletânea do Grupo Procad, formado pelos Institutos de Economia da Universidade Federal de Uberlândia e da Universidade Estadual de Campinas. Trata-se de uma publicação que recolhe os últimos resultados de pesquisas de seus membros. Na primeira coletânea, Desenvolvimento Territorial, Segurança Alimentar e Economia Solidária, reunimos trabalhos da equipe e de autores renomados que trabalham com essas temáticas.