Pessoa, Comunidade e Instituições na Obra de E. Mounier e de P. Ricoeur

Esta obra discute a contribuição de Emmanuel Mounier e de Paul Ricoeur para a compreensão de realidades significativas do mundo atual: dignidade da pessoa, educação, sociedade, ética, liberdade, direito e ecologia. E se destina não só aos estudantes de Filosofia, mas, também, aos estudantes de outras disciplinas, para os professores em geral, uma vez que a Filosofia não deve ser apenas uma área que comunica conhecimentos.

1a edição
Janeiro/2014
R$45,00
Preço de capa
978-85-7516-670-3
ISBN
198
Páginas
14 x 21 cm
Formato
Português
Idioma

Exclusivo para Professores

Solicite um exemplar para análise com 50% de desconto sobre o preço de capa.

.

Sumário

Palavra Prévia

Apresentação

Capítulo 1
Pessoa, Comunidade e a Nossa Condição Terrestre em Instituições Justas na Obra de E. Mounier e P. Ricoeur
Alino Lorenzon

Capítulo 2
Recolhimento em Si e Abertura ao Outro: contribuição do personalismo para a educação da pessoa
Antônio Joaquim Severino

Capítulo 3
Descartes na Formação do Pensamento de Emmanuel Mounier
Daniel da Costa

Capítulo 4
A Crise da Pessoa e a Crise da Educação Mediante a Dialogia do Cogito Personalista – Amo, Ergo Sum: imergência/emergência da pessoa
Ricardo Almeida de Paula

Capítulo 5
Emmanuel Mounier e o Otimismo Trágico
Carlos Roberto da Silveira

Capítulo 6
O Direito de Propriedade numa Reflexão de Emmanuel Mounier a partir do Pensamento Tomasiano
Lino Rampazzo

Capítulo 7
O Si-Mesmo e a Questão do Justo e do Bom nas Instituições a partir de Paul Ricoeur
José Marcos Miné Vanzella e Jefferson da Silva

Capítulo 8
Ética Ecológica e Responsabilidade em Jonas e Ricouer: caminho para uma ação ambiental mobilizadora
Marcius Tadeu Maciel Nahur

Capítulo 9
A Simbólica Faz Pensar no Pensamento de Paul Ricoeur
Jefferson da Silva

Capítulo 10
Ação, Sabedoria Prática e Liberdade em Paul Ricoeur
Constança Marcondes César

Posfácio
L’Attualità del Personalismo Comunitario

Orelha

O Centro UNISAL, através do curso de Filosofia, em parceria com o Programa de Mestrado em Direito, organizou o “Seminário Emmanuel Mounier e Paul Ricoeur”, que tratou do tema: Pessoa, comunidade e instituições, desenvolvido em uma espécie de diálogo entre Mounier e Ricoeur com referência também a outros filósofos como Descartes. Foi focalizada a contribuição desses autores para a compreensão de realidades significativas do mundo atual: dignidade da pessoa, educação, sociedade, ética, liberdade, direito e ecologia.
O resultado da reflexão feita durante o simpósio é, agora, apresentado, para o público nesta obra que se destina não só aos estudantes de Filosofia, mas, também, aos estudantes de outras disciplinas, para os professores em geral, uma vez que a Filosofia não deve ser apenas uma área que comunica conhecimentos.
Firma-se, assim, o propósito de Karl Marx: fazer a Filosofia descer das alturas da abstração para a vida concreta, ser um instrumento não só de interpretação, mas, também, de transformação da realidade. Desta forma, é possível validar o argumento do filósofo francês Gabriel Marcel ao admitir que as pessoas só se comprometem na medida em que se sentem envolvidas no processo de transformação do mundo, portanto, capazes de aproximar suas narrativas à realidade concreta da vida com os outros.
Espera-se, assim, que o diálogo iniciado dentro e fora do Centro UNISAL, em nível acadêmico, seja ampliado para a sociedade e que, efetivamente, seja reconhecida a "dignidade da pessoa humana", aberta "aos outros e ao Outro", e respeitada através de instituições justas.

O Editor

Referencia

DIAS, Mario José; RAMPAZZO, Lino. Pessoa, Comunidade e Instituições na Obra de E. Mounier e de P. Ricoeur. Campinas: Alínea, 2014.