Palavras-chave em psicologia escolar e educacional

Fauston Negreiros (Org.)
Alínea
1a edição
978-65-5755-024-3
ISBN
192
Páginas
16 x 23 cm
Formato
Português
Idioma
LIVRO NO PRELO
.

Sumário

Prefácio

Apresentação

Parte I. Sobre o Cotidiano Escolar
Adaptação Escolar
Afetividade
Atendimento Educacional Especializado
Bullying/Intimidação Sistemática
Clima Escolar
Comportamento Autolesivo ou Violência Autodirigida
Desenvolvimento Atípico
Desenvolvimento Biopsicossocial
Desenvolvimento da Criança
Desenvolvimento do Adolescente
Desenvolvimento do Idoso
Desenvolvimento do Jovem-Adulto
Evasão Escolar
Fracasso Escolar
Inclusão Escolar
Indisciplina
Judicialização da Educação
Mediação da Aprendizagem
Medicalização da Educação e da Sociedade
Medidas Socioeducativas
Morte e Luto no Contexto Escolar
Preconceitos na Escola
Processo de Ensino-Aprendizagem
Queixa Escolar
Queixa Escolar Universitária
Relação Família-Escola
Reprovação Escolar
Resiliência e Escolarização
Saúde na Escola
Socialização
Suicídio
Tecnologias da Informação e Comunicação
Violência Escolar

Parte II. Sobre a Atuação do Psicólogo Escolar
Análise Institucional
Assessoria ao Trabalho Coletivo
Atuação em Psicologia Escolar em Perspectiva Crítica
Atuação Político-Legislativa em Psicologia Escolar
Documentos Escolares
Orientação Profissional
Políticas Públicas de Educação
Práticas Emergentes em Psicologia Escolar
Práticas Tradicionais em Psicologia Escolar
Psicologia Escolar e Educacional
Rede Protetiva Intersetorial

Parte III. Sobre o Sistema Educacional Brasileiro
Construção do Conhecimento Escolar
Currículo Escolar
Diretrizes e Bases da Educação – LDB 9.394/96
Educação a Distância (EaD)
Educação Básica do Campo
Educação de Jovens e Adultos
Educação Escolar Indígena
Educação Escolar Quilombola
Educação Especial
Educação Infantil
Educação Profissional e Tecnológica
Ensino Fundamental
Ensino Médio
Ensino Superior
Projeto Político-Pedagógico

Referências

Orelha

Palavras-chave em Psicologia Escolar e Educacional reúne verbetes essenciais tanto para a teoria como para a prática nessa área e vem ao encontro da necessidade de se ter à mão diversos conceitos organizados metodologicamente. Trata-se de uma sistematização que foi realizada com base em escolhas cuidadosamente voltadas para respaldá-los e referenciá-los em sua aplicação no âmbito específico da Psicologia Escolar Educacional, cuja diversidade conceitual vem demandando clareza.

Desse modo, cada verbete, além de elucidar as expressões compiladas na obra, se reveste do próprio percurso histórico ao longo do qual a escola deixa de ser apenas a área em que elas são aplicadas e passa a constituir-se também como espaço de produção de conhecimento, contribuindo para pensar diferentes facetas do processo educativo, formal e não formal, e o papel do psicólogo nesse contexto.

A trama de conceitos e de diferentes matizes que vem se fazendo nessa trajetória foi apresentada tendo em vista a formação e a ação do psicólogo, o que permite que se possa acessá-los de forma simples, mas apreendê-los em sua profundidade e aplicabilidade. São problematizados, portanto, os processos educacionais em geral e o processo formal em particular, a relação educação-sociedade, o papel da educação para o desenvolvimento psicológico do aluno etc.

Em síntese, trata-se de um livro que oportuniza o contato com os signos que expressam a construção e o evolver histórico de uma área da Psicologia que remete à interface com a Educação, também por isso representando conteúdo de interesse de estudantes, professores, pesquisadores e profissionais de ambas as áreas.