Iniciação Científica no Ensino Superior: funcionamento e contribuições

Desde a década de 1950 foram instituídos no Brasil, por agências de fomento, programas de incentivo à pesquisa científica na graduação. No entanto, existem poucos trabalhos na literatura que investigam a atividade da Iniciação Científica desenvolvida em nosso país. A presente obra, dirigida a gestores, docentes e discentes do ensino superior, apresenta e discute algumas características e contribuições da Iniciação Científica, aqui entendida como o conjunto de experiências vivenciadas por alunos de graduação, vinculadas a um projeto de pesquisa, elaborado e desenvolvido sob a orientação de um docente, com ou sem financiamento de agências de fomento.
O livro apresenta as origens e o estabelecimento da Iniciação Científica no interior das universidades brasileiras, além de um detalhamento sobre as principais considerações advindas de diversas pesquisas brasileiras sobre o tema. São levantadas as principais contribuições das pesquisas sobre Iniciação Científica, em especial, abordando-a como atividade de formação do universitário. Traz, também, uma avaliação do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - PIBIC/CNPq - quanto a seus objetivos e caracteriza algumas particularidades do funcionamento da Iniciação Científica. São apresentados os resultados de pesquisas sobre Iniciação Científica em cursos de graduação em Química, nossa área de estudo em particular. São também discutidos os referenciais teóricos da Análise do Discurso de Linha Francesa e da Sociologia e Antropologia da Ciência, empregados em grande parte dos trabalhos relacionados à área de Química.
Esperamos que os conteúdos presentes neste livro contribuam para que as Instituições de Ensino Superior, seus docentes e discentes, conheçam melhor a atividade de Iniciação Científica e possam, assim, propor ações que promovam e incentivem o graduando a realizar pesquisa, considerando as inúmeras contribuições advindas dessa atividade. Esperamos, ainda, que nossa obra estimule outros pesquisadores a se envolverem com investigações sobre a Iniciação Científica.
1a edição
Junho/2010
R$36,00
Preço de capa
978-85-7670-156-9
ISBN
140
Páginas
140 x 210 mm
Formato

Exclusivo para Professores

Solicite um exemplar para análise com 50% de desconto sobre o preço de capa.

.

Sumário

Prefácio

Apresentação

Capítulo 1
Iniciação Científica
Instituição e funcionamento da Iniciação Científica nas universidades brasileiras

Capítulo 2
Pesquisas sobre Iniciação Científica no Brasil
Contribuições das pesquisas sobre Iniciação Científica no Brasil

Capítulo 3
Iniciação Científica como Atividade de Formação do Universitário
Desempenho na graduação
Desenvolvimento pessoal
Nova visão da ciência
Socialização profissional

Capítulo 4
PIBIC: Considerações sobre o Programa e seus Objetivos
Iniciação Científica e a formação de pesquisadores
Iniciação Científica no encaminhamento profissional

Capítulo 5
Caracterização de Algumas Particularidades do Funcionamento da Iniciação Científica
Atividades desenvolvidas
Motivação para a pesquisa
Seleção do orientando/orientador
Expectativas

Referencia

MASSI, Luciana; QUEIROZ, Salete Linhares. Iniciação Científica no Ensino Superior: funcionamento e contribuições. Campinas: Átomo, 2010.
Outros livros do(s) autor(es)
  1. Comunicação e Linguagem Científica: guia para estudantes de Química
    Comunicação e Linguagem Científica: guia para estudantes de Química
    Jane Raquel Silva de Oliveira e Salete Linhares Queiroz
  2. Estudo de Casos no Ensino de Química
    Estudo de Casos no Ensino de Química
    Luciana Passos Sá e Salete Linhares Queiroz