Fragmentos de Memória: a sala do cafezinho

Graciema Pires Therezo (org.)

O livro é um álbum de recordações partilhadas. Há histórias de crescimento intelectual, de idealismo na profissão, de gratidão por pais e avós incentivadores. Há depoimentos de superação e garra, e, sobretudo, de paixão. Paixão pela literatura, paixão pelo escrever, pelo viajar em busca de aprimoramento. De paixão pela palavra. O livro traz prosa e poesia, traz contos e relatos. Nessas recordações pais e avós surgem como pessoas simples, mas com grande visão de futuro, incentivadores de filhos e netos no caminho das letras. E esses filhos e netos, os autores, surgem como incansáveis incentivadores de seus alunos, como irradiadores em salas de aula deste Brasil tão precisado de educação de qualidade.

1a edição
Abril/2015
R$35,00
Preço de capa
978-85-7670-257-3
ISBN
146
Páginas
16 x 23 cm
Formato
Português
Idioma
Abrir na LibriLaboris

Exclusivo para Professores

Solicite um exemplar para análise com 50% de desconto sobre o preço de capa.

.

Sumário

Minha história
Ana Lúcia Maestrello De Micheli

O passado também é presente
Antonia Sônia Carotti Bertuolo

Nada será como antes...; Elisreginista; Poema
Antônio César Fontolan

Ora chão, ora céu
Carmen Ferreira da Silva

Tarde de domingo
Cármen Sílvia Portella

Na sala do cafezinho
Célia Aparecida Rovaris Giatti

A lição da formiga: natureza e aprendizagem
Dimas João Lenzi

Lidar com palavras; Poemas
Graciema Pires Therezo

Retorno
Luciana Cândido Carneiro

Quero mais...
Mara Cristina Spalletta Cyrino

Mangas maduras
Márcia Regina Fernandes

A aluna que há em mim, professora
Maria das Graças Faustino

Transcendência
Maria de Fátima Silvério Oliveira

A escrita e a memória afetiva; Despedida
Maria Gracileia Capponi Moraesv

Um anjo; Aconchego
Maria Inês Ghilardi Lucena

A velha casa
Maria Luíza Balbão Coelho

Acho que veio a calhar; Poemas
Maria Marcelita Pereira Alves

Pelas gerais de Guimarães Rosa
Maria Valéria Cesário Moura de Carvalho

Roteiro almodovariano; Minhas memórias sussurram
Mariana Fogaça

O vaso de malvas; Centenário; Poemas
Mary Ferreira B. de Castilho

Histórias guardadas
Miriam Ribeiro do Prado

Umberto eco e minha genealogia
Monique Yvonne Marie Le Du

A missão
Patrícia Guimarães Reis Lima Dias

Saudades do Brasil em terras italianas
Renata Altenfelder Garcia Gallo

Amorosas lembranças
Rita de Cássia Lirani Carvalho

A espera; O trem; Poemas
Rosemary de Moraes Garcia Cuesta

Canela
Samuel da Silva

O último aspirar
Sandra Eliza Simões

“Acenda o refletor, apure o tamborim!”; Clara, Clara!
Sílvia Regina Caetano Silva

Lembranças marcantes
Tadeu de Jesus Giatti

Mãos generosas; Poemas
Valéria Bastelli Pagnan

Janelas da memória
Vanessa Alves Pinto

Orelha

O livro é um álbum de recordações partilhadas. Que maior prova de amizade poderia haver entre colegas de trabalho que trocar lembranças pessoais? Há saudade de amigos queridos que se foram prematuramente, de parentes próximos imortalizados em heranças espirituais, da casa antiga conservada até onde foi possível, do cenário infantil onde a criança brincou, da pátria que ficou longe lá fora e bem perto dentro do coração, do filho que foi estudar fora. Há histórias de crescimento intelectual, de idealismo na profissão, de gratidão por pais e avós incentivadores. Há depoimentos de superação e garra, e, sobretudo, de paixão. Paixão pela literatura, paixão pelo escrever, pelo viajar em busca de aprimoramento. De paixão pela beleza. De paixão pela palavra. O livro traz prosa e poesia, traz contos e relatos, traz diário de viagem e memorial, traz ficção e realidade, traz textos confessionais e textos leves. Traz, sobretudo, enorme abertura, essência do afeto que sempre permeou a convivência dos professores da Banca de Avaliação da PUC Campinas. Esse é que permite expor reminiscências do primeiro amor, do perfume das frutas da infância, das lições de francês dadas pelo pai, do presépio caseiro,da escolinha de brincadeira no quintal... Interessante notar que pais e avós surgem como pessoas simples, mas com grande visão de futuro, incentivadores de filhos e netos no caminho das letras. E esses filhos e netos, os autores, surgem como incansáveis incentivadores de seus alunos, como irradiadores em salas de aula deste Brasil tão precisado de educação de qualidade.