Confissões de uma Alma Feminina

Maricélia Aparecida Bartolomei Pédico Saragiotto

Escrever Confissões de uma Alma Feminina não foi um ato de coragem, mas de necessidade vital. A autenticidade nos leva ao autoconhecimento, condição primária para tomarmos as rédeas de nossa vida e sermos os responsáveis por nossas escolhas. Haverá momentos de erros e acertos, assim como momentos felizes ou infelizes. Este livro desvenda um pouco da alma feminina.

1a edição
Maio/2011
R$20,00
Preço de capa
978-85-7670-175-0
ISBN
94
Páginas
14 x 21 cm
Formato
Português
Idioma

Exclusivo para Professores

Solicite um exemplar para análise com 50% de desconto sobre o preço de capa.

.

Orelha

Escrever Confissões de uma Alma Feminina exigiu de mim, em plena maturidade, expor incondicionalmente o meu coração. Não foi um ato de coragem, mas de necessidade vital. 
A liberdade de expressão, na minha juventude, só era possível, e quando possível, de forma velada. 
A sexualidade era apenas um vulto atrás da vidraça. Penso que, mesmo nos dias atuais, as mulheres, por mais liberadas que aparentem, e mesmo aqueles que amam de outras maneiras não convencionais, têm dificuldade de mostrar como realmente são. 
A autenticidade nos leva ao autoconhecimento: condição primária para tomarmos as rédeas de nossa vida e assim nos tornarmos responsáveis por nossas escolhas. Haverá momentos de erros e momentos de acertos, assim como os felizes ou infelizes. Dividido em cinco capítulos:
Dos Desejos, Amores e Fantasias
Dos Questionamentos e Certezas
Das Lembranças Adormecidas
Das Experiências à Transformação
Das Dedicatórias Imprescindíveis

...este livro desvenda um pouco da alma feminina.

Veja Também