Psicologia Social para a América Latina: o resgaste da psicologia da libertação

Raquel Souza Lobo Guzzo e Fernando Lacerda Júnior (org.)

Trata-se de obra que reúne importantes pesquisadores, de vários países — abordando, em especial, a obra pioneira de Matín-Baró —, e reflete sobre o papel da Psicologia frente à realidade latino-americana, marcada pela pobreza, violência, injustiça, exploração e desigualdade, consequência de um regime de dominação imperialista. Reflexão que busca criticar a Psicologia hegemônica criada para responder às demandas de uma sociedade burguesa, sobretudo nos países do hemisfério norte, e construir esforços concretos para a libertação social e histórica dos países e povos latino-americanos.

2a edição
Revisada
Abril/2011
R$54,00
Preço de capa
978-85-7516-461-7
ISBN
320
Páginas
140 x 210 mm
Formato
Português
Idioma
Abrir na LibriLaboris
.

Sumário

 

Prefácio - A realidade interpelante e o projeto de uma psicologia da libertação

Mauricio Gaborit
Introdução - Sobre o Sentido e a Necessidade: do resgate crítico da obra de Martín-Baró
Fernando Lacerda Júnior e Raquel Souza Lobo Guzzo
PARTE I: LIBERTAÇÃO NA AMÉRICA LATINA
Capítulo 1
A Teologia da Libertação: ligação fé –vida e a opção pelos pobres
Benedito Ferraro
Capítulo 2
Pressupostos Epistemológicos Implícitos no Conceito de Libertação
Pedrinho A. Guareschi
Capítulo 3
Ética e Construção Social da Libertação Latino-americana
Jorge Mario Flores Osorio 
PARTE II: MARTÍN-BARÓ E A LIBERTAÇÃO NA PSICOLOGIA: ASPECTOS HISTÓRICOS E TEÓRICOS
Capítulo 4
Ser, Fazer e Aparecer: crítica e libertação na América Latina
Maritza Montero
Capítulo 5
Uma Psicologia para América Latina
Eliete Ávila Wolff
Capítulo 6
A Psicologia Social de Martín-Baró ou o Imperativo da Crítica
Luis de la Corte Ibáñez
Capítulo 7
A Articulação Crítica entre Psicologia Ambiental, Política e Comunitária na Obra de Ignacio Martín-Baró
Bernardo Jiménez-Domínguez
Capítulo 8
Psicologia da Libertação: condições de possibilidade
Ignacio Dobles
Capítulo 9
Para uma Psicologia da Libertação
Ignacio Martín-Baró
Capítulo 10
Desafios e Perspectivas da Psicologia Latino-Americana
Ignacio Martín-Baró
PARTE III: PSICOLOGIA, MUDANÇA SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
Capítulo 11
Globalização, Pobreza e Justiça Social: papéis para os psicólogos
Tod Sloan
Capítulo 12
Memória Histórica: reverter a história a partir das vítimas
Mauricio Gaborit
Capítulo 13
A Psicologia Social e seu Papel nos Processos de Libertação Social
Leoncio Camino, Roberto Mendonza Pinto e Eliana Ismael
Capítulo 14
A Violência Política e o Conflito Armado na Colômbia: limites e possibilidades para a Psicologia da Libertação
Angela Maria Estrada
Capítulo 15
O que é Psicologia da Libertação? é psicologia cultural
Carl Ratner
Sobre os Autores

Prefácio
A realidade interpelante e o projeto de uma psicologia da libertação
Mauricio Gaborit

Introdução
Sobre o Sentido e a Necessidade: do resgate crítico da obra de Martín-Baró
Fernando Lacerda Júnior e Raquel Souza Lobo Guzzo

PARTE I: LIBERTAÇÃO NA AMÉRICA LATINA

Capítulo 1
A Teologia da Libertação: ligação fé –vida e a opção pelos pobres
Benedito Ferraro

Capítulo 2
Pressupostos Epistemológicos Implícitos no Conceito de Libertação
Pedrinho A. Guareschi

Capítulo 3
Ética e Construção Social da Libertação Latino-americana
Jorge Mario Flores Osorio 

PARTE II: MARTÍN-BARÓ E A LIBERTAÇÃO NA PSICOLOGIA: ASPECTOS HISTÓRICOS E TEÓRICOS

Capítulo 4
Ser, Fazer e Aparecer: crítica e libertação na América Latina
Maritza Montero

Capítulo 5
Uma Psicologia para América Latina
Eliete Ávila Wolff

Capítulo 6
A Psicologia Social de Martín-Baró ou o Imperativo da Crítica
Luis de la Corte Ibáñez

Capítulo 7
A Articulação Crítica entre Psicologia Ambiental, Política e Comunitária na Obra de Ignacio Martín-Baró
Bernardo Jiménez-Domínguez

Capítulo 8
Psicologia da Libertação: condições de possibilidade
Ignacio Dobles

Capítulo 9
Para uma Psicologia da Libertação
Ignacio Martín-Baró

Capítulo 10
Desafios e Perspectivas da Psicologia Latino-Americana
Ignacio Martín-Baró

PARTE III: PSICOLOGIA, MUDANÇA SOCIAL E DIREITOS HUMANOS

Capítulo 11
Globalização, Pobreza e Justiça Social: papéis para os psicólogos
Tod Sloan

Capítulo 12
Memória Histórica: reverter a história a partir das vítimas
Mauricio Gaborit

Capítulo 13
A Psicologia Social e seu Papel nos Processos de Libertação Social
Leoncio Camino, Roberto Mendonza Pinto e Eliana Ismael

Capítulo 14
A Violência Política e o Conflito Armado na Colômbia: limites e possibilidades para a Psicologia da Libertação
Angela Maria Estrada

Capítulo 15
O que é Psicologia da Libertação? é psicologia cultural
Carl Ratner

Sobre os Autores

 

Orelha

Veja Também