Práticas de Química Inorgânica

Robson Fernandes de Farias

A execução de atividades práticas em química mostra-se fundamental não apenas para que habilidades e competências sejam desenvolvidas, mas também para que o aluno possa perceber a lógica e a beleza do conhecimento químico. Cada prática deve se transformar em projeto de investigação científica, e não meramente na repetição mecânica dos procedimentos. Certamente, a postura adotada pelo professor em muito contribuirá para o sucesso desse objetivo.

4a edição
Revisada e ampliada
Setembro/2013
R$44,00
Preço de capa
978-85-7670-226-9
ISBN
118
Páginas
14 x 21 cm
Formato
Português
Idioma
Abrir na LibriLaboris
.

Sumário

Introdução

Precauções no Laboratório

PRÁTICA 1
Síntese do Cloreto de Hidrogênio

PRÁTICA 2
Preparação do Hidrogênio

PRÁTICA 3
Síntese do Hidróxido de Sódio

PRÁTICA 4
Síntese do Óxido de Ferro

PRÁTICA 5
Síntese do Ácido Hexafluorosilícico

PRÁTICA 6
Síntese da Sílica-Gel Utilizando-se TEOS

PRÁTICA 7
Produção de Oxigênio a Partir da Decomposição Catalítica do Peróxido de Hidrogênio

PRÁTICA 8
Síntese de um “Plástico Inorgânico”: Enxofre

PRÁTICA 9
Síntese do Cloro

PRÁTICA 10
Degradação Catalítica do Hipoclorito de Sódio

PRÁTICA 11
Síntese dos Oxalatos de Mg, Ca, Sr e Ba

PRÁTICA 12
Síntese e Transformação Estrutural do Iodeto de Mercúrio

PRÁTICA 13
Preparação de Pb, Cu e Sn a Partir dos seus Óxidos

PRÁTICA 14
Síntese dos Óxidos de Ba, Cr e Cu

PRÁTICA 15
Investigando a Reatividade dos Sais de Cobre e Cobalto Frente à Amônia

PRÁTICA 16
[Co(NH3)4CO3]NO3 e [Co(NH3)5Cl]Cl2

PRÁTICA 17
Reação de Substituição no [Co(NH3)5Cl]Cl2

PRÁTICA 18
Síntese do Cloreto de Hexamincobalto (III)

PRÁTICA 19
Síntese do Cloreto de Pentamincobalto (III)

PRÁTICA 20
Inserção de Hidrogênio em WO3: Síntese do HxWO3

PRÁTICA 21
Síntese de Adutos entre Cobre, Cobalto e Ureia: Química de Coordenação no Estado Sólido

PRÁTICA 22
Remoção de Metais de Transição Utilizando-se Sólidos Adsorventes

PRÁTICA 23
Síntese do VO(PO4)(H2O)2: uma Prática para a Integração dos Cursos Experimentais de Química Inorgânica e Orgânica

PRÁTICA 24
Um Experimento Termogravimétrico: a Reidratação do Cloreto de Cobalto

PRÁTICA 25
Reação entre Zinco e Iodo

PRÁTICA 26
Entalpia de Hidratação do Sulfato de Cobre

PRÁTICA 27
Preparação de um Polímero Inorgânico: Silicone

PRÁTICA 28
Preparação de Compostos por Dupla Troca

PRÁTICA 29
Uma Reação Endotérmica no Estado Sólido

PRÁTICA 30
Evidenciando o Efeito do Número de Ligantes sobre a Cor dos Compostos de Coordenação

PRÁTICA 31
Síntese Simultânea do Óxido Nítrico e do Nitrato de Cobre

PRÁTICA 32
Síntese de Compostos de Cobre e Cobalto com Sacarina

PRÁTICA 33
Um Experimento em Química Bioinorgânica: Síntese de Compostos Cobre-Glicina e Crômio-Glicina

PRÁTICA 34
Síntese do KAl(SO4)2.12H2O

PRÁTICA 35
Síntese Simultânea do Carbonato de Sódio e do Metano

PRÁTICA 36
Síntese e Isomerização do [Co(NH3)5ONO]Cl2

PRÁTICA 37
Síntese do CuCl2.2DMSO

PRÁTICA 38
Síntese do Acetilacetonato de Crômio (III)

PRÁTICA 39
Do Cobre ao Cobre

PRÁTICA 40
Síntese do Cloreto de Hexamin Níquel (II)

PRÁTICA 41
Síntese do Bicarbonato e do Carbonato de Sódio

PRÁTICA 42
Preparação do Nitrogênio

PRÁTICA 43
O Molibdato de Sódio como Precursor na Síntese de Molibdatos de Metais de Transição

PRÁTICA 44
Síntese de um Corante: “Verde de Paris”

PRÁTICA 45
Mais um Corante: “Verde de Rinmann”

PRÁTICA 46
Síntese do Hg2(NH)Br2

PRÁTICA 47
Síntese e Investigação Qualitativa da Troca Iônica no Vanadato de Potássio

PRÁTICA 48
Síntese do CrSO4.5H2O

PRÁTICA 49
Síntese do [Cu(NH3)4]SO4.H2O

PRÁTICA 50
Síntese do TiO2 Via Processo Sol-Gel e seu Uso como Fotocatalisador

PRÁTICA 51
Síntese do [Ni(NH3)6]Cl2

PRÁTICA 52
Síntese do [Ni(en)3]Cl2.2H2O

PRÁTICA 53
Síntese do dioxalatocuprato(II) de potássio di-hidratado – K2 [Cu(C2O4)2].2H2O

PRÁTICA 54
Preparação do cobre metálico a partir do sulfato de cobre

PRÁTICA 55
Síntese do trioxalatocromato(III) de potássio tri-hidratado – K3[Cr(C2O4)3].3H2O

Referências

Orelha

A despeito do grande avanço quanto à modelagem molecular, a Química foi, é, e continuará sendo uma ciência eminentemente experimental. Lastimavelmente, nos cursos do ensino médio, e mesmo em grande parte das universidades brasileiras, as atividades práticas terminam por serem relegadas a um segundo plano, muitas vezes sendo ministrados cursos de natureza apenas teórica.
As práticas constituem ponto chave para aprendizagem em ciências naturais, especialmente na Química. Os experimentos constantes deste livro foram escolhidos em função de sua facilidade de execução, disponibilidade e custo dos reagentes envolvidos, além de seu valor didático.
A execução de atividades práticas em química mostra-se fundamental não apenas para que habilidades e competências sejam desenvolvidas, mas também para que o aluno possa perceber a lógica e a beleza do conhecimento químico. Cada prática deve se transformar em projeto de investigação científica, e não meramente na repetição mecânica dos procedimentos. Certamente, a postura adotada pelo professor em muito contribuirá para o sucesso desse objetivo.

Veja Também