Hipnose: fato ou fraude?

Adriano Facioli

Hipnose: fato ou fraude? Hipnose: fato ou fraude?

Sinopse

Escrito numa linguagem fluida, o texto coloca o leitor numa posição de tranquilidade e relaxamento, e o convida a uma ‘conversa’ sobre a hipnose, em que percorre relatos e experimentos, além de apresentar uma variedade de temas relacionados: a hipnose em grupo, uma importante discussão sobre a utilização que Freud fez desse procedimento e detalhes das diversas técnicas de hipnose, inclusive diferenciando aspectos como a focalização sensorial, o transe e os modos pelos quais a respiração induz situações similares.

Sumário

Prefácio


Afinal, o que é a hipnose?
A quem interessa saber?
Definindo transe e hipnose
A definição de hipnose
Pré-história da hipnose
De Mesmer a Freud
Um procedimento de sugestão?
É tudo encenação?


Campo empírico
Experiências e observações informais
Hipnose de grupo
Hipnose-espetáculo
Utilidade e eficácia da hipnose
A hipnose como panaceia: recalques reiterados


A técnica da hipnose
Fundamentos
Técnicas e contextos variados
Modelos de indução
Hipnose-desperta e roteiro básico para indução


Discussão de evidências experimentais


Referências


Bibliografia

Referência Bibliográfica

FACIOLI, Adriano. Hipnose: fato ou fraude?. 2. ed. Campinas: Átomo, 2019.