Cinema e Ensino de História da Educação

Sauloéber Társio de Souza, Carlos Henrique de Carvalho, Betânia de Oliveira Laterza Ribeiro (orgs.)

A coletânea Cinema e Ensino de História da Educação busca promover a interlocução entre professores-pesquisadores de diferentes instituições e regiões do país, em torno da discussão sobre o uso do cinema no ensino de História da Educação, pensando-se propostas de formação discente a partir de linguagens diversificadas.

1a edição
Outubro/2013
R$48,00
Preço de capa
978-85-7516-666-6
ISBN
310
Páginas
14 x 21 cm
Formato
Português
Idioma
Abrir na LibriLaboris
.

Sumário

Prefácio

Apresentação

Parte 1
Infância, Gênero e Etnia no Cinema: perspectivas histórico-educativas

Capítulo 1
“A Missão”: educação e estética nas imagens da evangelização na Região dos Sete Povos
Ana Palmira Bittencourt Santos Casimiro e Camila Nunes Duarte Silveira

Capítulo 2
“O Garoto Selvagem” ou da Educação de Victor
Carlos Monarcha

Capítulo 3
Mulheres, Memória e História em “Jogo de Cena”
Débora Mazza, Márcia Santos Ferreira e Nima Imaculada Spigolon

Capítulo 4
“Vida de Menina”: relações de leituras e escritas
Diane Valdez

Capítulo 5
“Brincando nos Campos do Senhor”: potencialidades para a compreensão do Tempo Histórico
Magda Madalena Tuma, Marlene Rosa Cainelli e Sandra Regina Ferreira de Oliveira

Capítulo 6
“Tróia” e “Guerra de Tróia”: releituras da Odisseia de Ulisses
Sauloéber Tarsio de Souza e Glaydson José da Silva

Parte 2
Práticas Educativas e Culturas Escolares Presentes nos Filmes

Capítulo 7
Navegando “Mar Adentro” pela História da Educação: incursões filosóficas
Armindo Quillici Neto e Lílian Calaça Silva

Capítulo 8
“A Guerra do Fogo”: uma história contemporânea que conta um conto e esconde um ponto
Betânia de Oliveira Laterza Ribeiro, Elizabeth Farias da Silva e Cláudia Oliveira Cury Vilela

Capítulo 9
“Narradores de Javé”: perspectivas históricas para a abordagem da educação de jovens e adultos
Maria Ângela Borges Salvadori e Maurilane de Souza Biccas

Capítulo 10
“Mãos Talentosas”: reflexões sobre cinema e educação na biografia histórica de Ben Carson
Maria do Carmo Brazil e Jacira Helena do Valle Pereira

Capítulo 11
“Ser e Ter”: sutilezas do cotidiano escolar
Raquel Discini de Campos e Vera Teresa Valdemarin

Parte 3
A Profissão Docente e o Cinema

Capítulo 12
“A Glória de Meu Pai”: cinema como possibilidade de mobilização para aprendizagens em História da Educação
Claudemir de Quadros

Capítulo 13
“Lição de Amor”
Cláudia Engler Cury e Luzimar Goulart Gouvêa

Capítulo 14
“Sociedade dos Poetas Mortos”: o filme
Jocyleia Santana dos Santos

Capítulo 15
História, Cinema e Educação: diálogos e entrelaçamentos entre política e memória por meio do filme “Escritores da Liberdade”
Luciana Beatriz de Oliveira Bar de Carvalho e Carlos Henrique de Carvalho

Capítulo 16
“O Jarro”, a Escola, o Professor, os Alunos... e o Estado
Sandra Cristina Fagundes de Lima e Sandra Helena Moreira Santiago

Sobre os Autores

Orelha

A coletânea Cinema e Ensino de História da Educação busca promover a interlocução entre professores-pesquisadores de diferentes instituições e regiões do país, em torno da discussão sobre o uso do cinema no ensino de História da Educação, pensando-se propostas de formação discente a partir de linguagens diversificadas.
Adotar esse recurso nas aulas desta disciplina deve pressupor previamente a elaboração de muitas indagações sobre a produção da película que vão muito além do glamour visual, de forma que o professor deve passar por um processo de educação do olhar que lhe possibilite "ler" as imagens cinematográficas.
O uso das películas deve ser explorado como instrumento auxiliar de formação histórica, com a finalidade de integrar, orientar e estimular a capacidade de análise dos estudantes, observando-as como testemunhos da época na qual foram produzidas e também como representações do passado, afastando-se a ideia comumente reproduzida de ilustração de determinada época.
Os textos abordam filmes que foram reunidos em três eixos temáticos, mas que não representam blocos monolíticos, tentando-se fugir ao esquema cronológico tradicional baseado em mudanças políticas ou temporais, além de se inserir relatos de experiências com exibição de filmes nesta disciplina.
Esperamos ter atendido à expectativa inicial de organização da coletânea que era a de reunir esforços para a produção de material que possa auxiliar no trabalho dos professores no campo da História da Educação.

Veja Também