Os Caminhos do Lixo: da obsolescência programada à logística reversa

Márcio Magera

Os Caminhos do Lixo: da obsolescência programada à logística reversa Os Caminhos do Lixo: da obsolescência programada à logística reversa

Sinopse

Este livro disserta sobre a problemática dos resíduos sólidos urbanos e do lixo eletrônico. A obsolescência programada e percebida, bem como a logística reversa entram como aporte para a contextualização da gestão dos resíduos em um cenário fragmentado e cooptado pelo sistema capitalista. Os autores e atores deste universo perverso criam sua própria dialética para o entendimento de um problema ambiental que cresce, a cada dia, em todos os países do mundo: a geração dos resíduos e sua destinação inadequada.

Sumário

Prefácio

Introdução

Capítulo 1
O Caminhar da Dialética: a metodologia das ideias
Conceituação da dialética
A era da razão: a dialética tornando-se síntese
A reestruturação produtiva, a nova ordem, o sociometabólico, abrindo portas para o novo padrão de consumo
Fordismo/taylorismo versus toyotismo ou pós-fordismo – técnicas administrativas de processos produtivos, gerando menos empregos e mais lixo
O modelo de reestruturação produtiva – toyotismo – como produzir mais com menos recursos e gerar mais lixo

Capítulo 2
O Nascimento do Lixo
Relevância da Questão – a mudança comportamental e o desenvolvimento econômico e social
Os atores envolvidos na reciclagem do lixo
Uma visão interdisciplinar – a dialética como sustentação para o ecocapitalismo e o desenvolvimento dito sustentável
Produzir, distribuir sem destruir: a problematização ambiental e sua dialética contemporânea
As ações diante do contexto – a sociedade participando mais ativamente da problemática ambiental
Encontros políticos mundiais: diretrizes para o entendimento dos problemas ambientais
A urbanização como fomentadora da problemática ambiental e social no Brasil
Desenvolvimento sustentável – a reciclagem apresentada como uma alternativa à geração de lixo

Capítulo 3
A Obsolescência Programada: tecnologia a serviço do capital
A cooptação social como geradora de lixo eletrônico
Obsolescência programada – conceituação
Modernização, tecnologia, obsolescência programada – tudo vai parar no lixo depois de um certo tempo
As novas tecnologias de comunicação – os símbolos a serviço do consumo e do capital
Choques de valores – o século XX como base transformadora

Capítulo 4
Logística Reversa e Resíduos Eletrônicos: ferramentas a serviço da reciclagem
Logística reversa – conceituação no mundo do lixo
Números do e-lixo – formal, informal, comparativo: no final, tudo acaba virando lixo
Lixo eletrônico, até no espaço!
A viabilidade econômica da reciclagem do lixo eletrônico

Capítulo 5
A Reciclagem do Resíduo Sólido e sua Viabilidade Econômica: um estudo de caso no município de Campinas-SP, BR
Resíduos sólidos domésticos – gestão
Informações/dados sobre a reciclagem no Brasil: um estudo da CEMPRE
Voltando a Campinas – cálculo da viabilidade econômica da reciclagem
Metodologia utilizada
Dados importantes da cidade de Campinas que alimentarão o programa para o cálculo de geração de resíduos

Considerações

Referências

Referência Bibliográfica

MAGERA, Márcio. Os Caminhos do Lixo: da obsolescência programada à logística reversa. 2. ed. Campinas: Átomo, 2017.