(Re)Pensar a Educação Pública: contribuições da Argentina e do Brasil

Estela M. Miranda e Newton A. Pacciulli Bryan (orgs.)

O título deste livro – (Re)pensar a educação pública – remete a um duplo propósito. Por um lado, compartilhar o conteúdo dos cursos, seminários e conferências proferidos pelos professores-pesquisadores que participaram do Programa Binacional de Centros Associados de Pós-graduação Argentina/Brasil. Por outro lado, visa recuperar reflexões, conceitos, categorias teóricas e metodologias de abordagem que, a partir do campo da pedagogia, da filosofia, da política, da sociologia e da história da educação, contribuem para pensar a educação pública como prática social e política, em nossos países. Esta coletânea é dirigida a educadores, estudantes, formuladores de políticas públicas e pesquisadores comprometidos com a busca de uma educação pública igualitária e de qualidade.     

1a edição
Março/2014
R$45,00
Preço de capa
978-85-7516-672-7
ISBN
308
Páginas
14 x 21 cm
Formato
Português
Idioma
Abrir na LibriLaboris
.

Sumário

Apresentação

Primeira Parte
Ideias Pedagógicas e Paradigmas do Conhecimento Debates e contribuições da pedagogia histórico-crítica

1. As Ideias Pedagógicas no Brasil
Dermeval Saviani

2. Universidade, Currículo e Conhecimento: bases paradigmáticas
Elisabete Monteiro de Aguiar Pereira

Segunda Parte
Pensar a Filosofia da Educação de Foucault, Deleuze e Guattari

3. Michel Foucault: ética y espiritualidad
María Cristina S. Donda

4. La Filosofia de la Educación en el Brasil Del Siglo XX: de la crítica al concepto
Silvio Donizetti de Oliveira Gallo

Terceira Parte
Políticas Educativas, Gestão e Reforma Escolar: perspectiva histórica e análise comparativa

5. Una “Caja de Herramientas” para el Análisis de la Trayectoria de la Política Educativa: La perspectiva de los ciclos de la política (Policy Cycle Approach)
Estela M. Miranda

6. Políticas de Avaliação e Políticas de Incentivo ao Desempenho Docente: análise comparativa dos casos ao Brasil, México e Chile
Luis Enrique Aguilar

7. Planejamento, Conhecimento e Gestão Educacional
Newton A. Paciulli Bryan

8. Uma Reflexão Sobre o Percurso Histórico da Educação Profissional Pública: Brasil – Argentina
Fátima B. de Benedictis Delphino

9. La Reforma Escolar en la Argentina de Entreguerras: Política y pedagogía en el horizonte del reformismo crítico
Silvia N. Roitenburd

Quarta Parte
Reflexões Teórico-metodológicas e Processos de Investigação Educacional

10. Os Projetos de Pesquisa: alguns fundamentos lógicos necessários
Silvio A. Sánchez Gamboa

11. Cultura Escrita y Adultos de Baja Escolaridad: reflexiones metodológicas sobre el proceso de investigación etnográfica
María del Carmen Lorenzatti

12. Contribuciones de una Perspectiva Sociológica Crítica y de la Etnografía Analítica a la Formación de Maestros Rurales
Elisa Cragnolino

Sobre os Autores

Orelha

A América Latina atravessa uma conjuntura que aponta para um horizonte bastante animador para a educação pública. Sem desconhecer as graves limitações que os governos democráticos progressistas da região enfrentam para reverter as políticas educacionais neoliberais, assistimos a uma recuperação da centralidade do Estado na condução política da iniciativa, do projeto e da implementação de alternativas que têm como prioridade a inclusão social e educacional com qualidade.
O título deste livro – (Re)pensar a educação pública – remete a um duplo propósito. Por um lado, compartilhar o conteúdo dos cursos, seminários e conferências proferidos pelos professores-pesquisadores que participaram do Programa Binacional de Centros Associados de Pós-graduação Argentina/Brasil (CAPES-SPU), composto pelo Doctorado em Ciencias de la Educación da Universidad Nacional de Córdoba e pelo Doutorado em Educação da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Por outro lado, esta coletânea constitui um pretexto para recuperar reflexões, conceitos, categorias teóricas e metodologias de abordagem que, a partir do campo da pedagogia, da filosofia, da política, da sociologia e da história da educação, contribuem para pensar a educação pública como prática social e política, em nossos países.
Esta coletânea é dirigida a educadores, estudantes, formuladores de políticas públicas e pesquisadores comprometidos com a busca de uma educação pública igualitária e de qualidade.