A Escola como Cultura: experiências, memória e arqueologia

Agustín Escolano Benito

A Escola como Cultura: experiências, memória e arqueologia A Escola como Cultura: experiências, memória e arqueologia

Sinopse

Como um caleidoscópio arguta e delicadamente construído, este livro convida a interrogar, de múltiplas formas, as práticas que consubstanciaram a cultura empírica ou efetiva, edificada pelos agentes (ou sujeitos) da educação, em suas ações cotidianas, nem sempre coincidente com a postulada no âmbito dos textos normativos ou das reflexões teóricas.

Referência Bibliográfica

BENITO, Agustín Escolano. A Escola como Cultura: experiências, memória e arqueologia. Campinas: Alínea, 2017.